in

Menina de dois anos violada em ala de isolamento de hospital para suspeitas de Covid-19

Adobe Stock

Uma menina, de dois anos, foi alegadamente violada na ala de isolamento do coronavírus, num hospital na África do Sul. A polícia deu início a uma investigação após a mãe da criança descobrir índicios de agressão sexual enquanto lhe trocava a fralda.

Os familiares começaram a notar um comportamento estranho na menina após esta ter sido colocada na ala de isolamento do novo coronavírus, no Hospital Académico Dr. George Mukhari, em Pretória, na África do Sul.

A menina chorava muito e, segundo o The Sun, quando testou negativo e foi autorizada a ir para casa, sentia muita dor. Depois de suspeitar que a filha tinha sido violada, a mãe regressou ao hospital para fazer exames, os quais confirmaram as agressões sexuais.

A polícia de Gauteng, no norte da África do Sul, comunicou à imprensa africana que foi aberta uma investigação para apurar as suspeitas de violação.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Deixe uma resposta

Loading…

0

Estudantes terão mais mil camas e está em estudo recorrer a alojamentos locais

Covid-19: Governo ainda não sabe quando centros de saúde vão voltar em pleno