Milhares de pessoas no último adeus a Gabriel Cruz

Detectámos que tem um Ad Block ativo

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o Ad Block (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Milhares de pessoas estiveram presentes esta terça-feira de manhã no funeral de Gabriel Cruz, de oito anos, na Catedral de Almería, em Espanha.

“O meu menino ganhou. Sabemos que está no céu, a brincar com os seus peixinhos, e a bruxa já não existe”, começou por afirmar a mãe da criança, Patrícia Ramírez, no momento da saída do local.

Esta ainda perdiu a todos para ouvirem a música Girasoles, de Rozalén, em homenagem ao filho, visto ser uma das suas preferidas.

Ángel Cruz, o pai de Gabriel, também fez questão de agradecer a todos pelo apoio prestado ao longo dos dias. “Obrigado por nos levarem a voar a encontrar o nosso filho. São gigantes”, exclamou.

O corpo do menino, que foi assassinado, foi encontrado este domingo na bagageira do carro da namorada do progenitor, após 12 dias de desaparecimento.

Ana Julia Quezada tornou-se a principal e única suspeita pelo crime cometido.

Segundo os últimos dados divulgados, Gabriel sofreu uma lesão cerebral, tendo sido essa a causa da morte e não estrangulamento como já havia sido referido.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Recomendações

Recomendações

Comente e partilhe a sua opinião!