in

Militar da GNR Hugo Ernano salva mulher presa em carro na A1

Inês Gomes Lourenço

Hugo Ernano, militar da GNR, salvou a vida de uma mulher que estava presa dentro do carro, depois de um aparatoso acidente na A1, perto de Albergaria. A viatura da vítima, de 20 anos, foi atingida na traseira por outro veículo que a estava a ultrapassar e que, consequentemente, provocou o seu despiste seguido de capotamento.

O militar, que presta serviço na Unidade de Intervenção da GNR, em Lisboa, e que estava de folga, percebeu a gravidade do acidente e tentou socorrer a mulher. Com ajuda de populares, o homem conseguiu auxiliar a vítima que se encontrava com dificuldades respiratórias depois do tejadilho do carro ter abatido na parte de trás, deixando-a encarcerada.

Os bombeiros foram chamados ao local e conseguiram retirar a jovem. 

Recorde-se que Hugo Ernano foi condenado, em 2008, por ter atingido mortalmente a tiro um rapaz de 13 anos durante uma perseguição policial na sequência de um assalto, no concelho de Loures.

O militar é agora candidato do Chega à Assembleia Municipal de Odivelas.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Sugestões para ti