Ministério Público pede pena de prisão de 25 anos para Diana Fialho e Iuri Mata

A terceira audiência do julgamento de Diana Fialho e Iuri Mata, acusados de matar à martelada a professora do Montijo, Amélia Fialho, decorreu esta sexta-feira no tribunal de Almada.

PUB

Nesta audiência o Ministério Público pediu que fosse aplicada a pena máxima de prisão efetiva de 25 anos.

O Ministério Público alega que a situação foi “escabrosa e de difícil qualificação” e que os arguidos agiram “de forma maquiavélica com requintes de barbárie”, cita o Correio da Manhã.

Segundo o Ministério Público não há dúvidas da ação dos dois arguidos.

A leitura da sentença está agendada para a próxima sexta-feira, dia 19 de julho, no Tribunal de Almada.


Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web