Moçambique: 30 portugueses desaparecidos depois da passagem do ciclone Idai

0 626

São trinta os portugueses que estão desaparecidos na cidade da Beira depois da destruição provocada pelo ciclone Idai na quinta e sexta-feira.

A informação foi avançada pelo secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, em Maputo.

“Há ainda portugueses que não estão localizados: temos na embaixada 30 pedidos de localização”, referiu.

A passagem do ciclone Idai em Moçambique, Maláui e Zimbabué já provocou mais de 300 mortos, segundo os balanços provisórios.

Filipe Nyusi, Presidente da República de Moçambique, anunciou esta terça-feira que mais de 200 pessoas morreram e 350 mil “estão em situação de risco”, tendo decretado o estado de emergência nacional e três dias de luto nacional, até sexta-feira.

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Recomendados