in

Montenegro acredita que vai ganhar a Rio “na primeira volta”

Lisboa, 30 dez 2019 (Lusa) — Luís Montenegro formalizou hoje a sua candidatura à liderança do PSD, quer que o partido seja “uma alternativa” ao PS e acredita que ganhará a Rui Rio, atual presidente, “na primeira volta”, em 11 de janeiro.

“Estou extremamente confiante de que vamos dar um exemplo de vitalidade política e democrática e que vamos vencer na primeira volta”, afirmou o ex-líder parlamentar, momentos depois de ter formalizado, na sede nacional do partido, em Lisboa, a sua candidatura, que tem como primeira subscritora a militante n.º 2 do PS, Conceição Monteiro, que foi colaboradora do fundador Francisco Sá Carneiro.

Montenegro explicou aos jornalistas, ao fundo da escada de acesso à sede, e rodeado de apoiantes, que, se vencer as diretas de 11 de janeiro, o PSD não existe “para ser parceiro do PS”.

“Somos a alternativa ao PS”, afirmou.

Além de Montenegro, disputam as eleições diretas o atual líder do partido, Rui Rio, e o vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais Miguel Pinto Luz.

Para ser eleito, o presidente tem de obter mais de 50% dos votos ou, caso contrário, disputam uma segunda volta os dois candidatos mais votados.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Sobrinho Simões alerta que investigação em saúde não chega a empresas e hospitais

Praça do Comércio com trânsito cortado a partir das 17:00 de terça-feira devido ao Ano Novo