Morre durante voo e corpo continua por reclamar

Detectámos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Uma mulher brasileira morreu durante um voo da Air France entre São Paulo e Paris, no dia 2 de dezembro.

Passado quase um mês, o corpo da mulher de 38 anos continua na morgue em França à espera de ser reclamado.

Flávia Luiza da Silva viajava desde o Recife, no Brasil para Itália.

No voo de escala para Paris, acabou por se sentir mal e acabou por morrer, apesar dos esforços da tripulação que a tentou socorrer.

A embaixada brasileira em França entrou em contacto com as autoridades brasileiras a oito de dezembro e o corpo fosse recolhido pelo Instituto de Medicina Legal de Paris.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Brasil já informou a Polícia Federal do Paraíba no sentido de unir esforços para “encontrar algum familiar da vítima”, mas o certo é que até esta terça-feira não tinha sido encontrado nenhum parente da brasileira.

Segundo o site G1, foi localizada uma irmã da mulher, mas o cadáver de Flávia continua por reclamar.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Recomendado pelo Informa+

Qual a sua opinião?