Mulher traída agride brutalmente amante do marido deixando-a desfigurada

Uma mulher descobriu a traição do marido e decidiu fazer “vingança”.

A traída soube da relação extraconjugal do marido e, juntamente com um grupo de amigos, dirigiu-se à casa da amante, na zona de Sintra.

Os amigos entraram na habitação e, munidos com um x-ato, desferiram diversos golpes na cara, braços, nuca e ombros da vítima que ficou “gravemente desfigurada”.

Depois os nove suspeitos saíram da residência, deixando a vítima “sozinha e a sangrar”.

Os nove arguidos começam agora a ser julgados, em tribunal coletivo, pelos crimes de ofensa à integridade física grave qualificada, violação de domicílio e ameaça agravado.

A nota da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa refere que os arguidos “agiram em comunhão de esforços” e movidos por “vingança”.

De acordo com o papel de cada um dos arguidos desempenhou no ataque, o tribunal aplicou a medida de coação de prisão preventiva a um arguido, a obrigação de permanência na habitação com recurso a meio de vigilância eletrónica a três arguidos, apresentação periódica em regime diário no posto policial da área da sua residência a quatro arguidos e o termo de identidade e residência ao restante arguido.

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Recomendados

Recomendados