in

Novas operações para compra de casa atingem 977 ME em janeiro

Lisboa, 10 mar 2020 (Lusa) — As novas operações de crédito para compra de habitação atingiram os 977 milhões de euros em janeiro, mais 343 milhões do que os emprestados em igual mês do ano passado, segundo dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal.

Face a dezembro de 2019, o montante emprestado é inferior aos 1.113 milhões de euros financiados para aquisição de habitação em dezembro de 2019.

O valor de janeiro de 2020 representa o melhor valor no arranque do ano desde 2008, altura em que o valor concedido se fixou nos 1.552 milhões de euros.

Ainda segundo as estatísticas do banco central, a taxa de juro média dos novos empréstimos concedidos a sociedades não financeiras em janeiro foi de 2,30% (face aos 2,12% registados em dezembro).

A taxa de juro das operações acima de 1,0 milhão de euros foi de 1,88% (1,85% em dezembro) e a das operações abaixo de 1,0 milhão de euros de 2,59% (2,42% em dezembro), aumentando o diferencial entre as duas taxas face ao mês anterior.

Nas novas operações de crédito a particulares para habitação, a taxa de juro média diminuiu três pontos base para 1,07%.

No crédito ao consumo e para outros fins, as taxas de juro médias foram, respetivamente, de 6,95% e 3,80%, valores acima dos 6,55% e 3,74%, registados em dezembro.

Os volumes de novas operações para habitação, consumo e outros fins totalizaram 977, 460 e 215 milhões de euros, respetivamente.

Sugestões para ti