Novo avião supersónico fará Londres/Nova Iorque em três horas

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

O novo modelo deverá cruzar o Oceano Atlântico em apenas três horas.

Blake Scholl, fundador e diretor executivo da Boom Supersonic, com sede em Denver, apresentou, na semana passada, no Dubai Air Show, um novo modelo, o avião supersónico Boom XB-1, desenvolvido para melhorar a qualidade e rapidez dos voos comerciais e já possuí 76 pré-encomendas de companhias aéreas e outras 20 companhias estão em negociações.

Scoll sublinhou que as novas tecnologias, em conjunto com materiais inovadores e motores mais silenciosos e eficientes, tornam possível o retorno do voo supersónico, depois do ultimo voo do modelo Concorde em 2003.

“O Boom será significativamente mais silencioso do que o Concorde e menor em tamanho, o que vai reduzir a perturbação do ar”, disse.

De acordo com a apresentação do projeto na conferência no Dubai, o novo avião supersónico vai conseguir atravessar o Oceano Atlântico, num trajeto de Londres a Nova Iorque, em aproximadamente três horas e 15 minutos, atingindo uma velocidade de até 2.715km/h.

Estará equipado com 55 lugares para passageiros e os bilhetes devem rondar os 5000 dólares (aproximadamente 4200 euros).

A Boom Supernonic começa a testar voos já em 2018 e pretende estar no mercado em 2025.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Qual a sua opinião?