in

Nuno Rogeiro agradece a agente que salvou filho: “Obrigado eterno de um pai ferido…”

O filho de Nuno Rogeiro, comentador político da SIC Notícias, foi “brutalmente atropelado”, junto à Cidade Universitária, em Lisboa.

Numa publicação no Facebook, contou como tudo aconteceu.

“O Lugar do Filho: Estava tudo preparado, a mesa posta e uma ementa especial para um filho especial.O António vinha jantar a casa. Mas não chegou”, começou por dizer.

“Foi brutalmente atropelado junto à Cidade Universitária. Projectado a três metros de distância, partiu o vidro do veículo que o ceifou com a cabeça. Ficou a jazer no chão, na noite fria de Lisboa, a esvair-se em sangue.”, continua.

“Só a pronta e corajosa intervenção da PSP e os serviços exemplares do Hospital de Santa Maria o salvaram da morte certa. Múltiplas fracturas, traumatismo facial, mas a vida. E o bom humor. E a fibra.”, pode ler-se ainda.

“Seguem-se operações e reabilitação, para um miúdo competente, trabalhador, honesto, culto, ultra-activo, bem formado e com um grande sentido de justiça. Rezamos por ele e torcemos por ele.Espero – como pai que tem ali uma das suas luzes – ver rapidamente o lugar do António outra vez ocupado. É agora o meu maior desejo.”, termina.

Um dos agentes que socorreu António comentou a publicação e deu-se a conhecer. “Sr. Nuno.. Sou um dos policias que socorreu seu filho.. Se precisar de alguma coisa ou de algum esclarecimento não hesite em contactar… Rápidas melhoras ao corajoso António que, face ao choque , portou-se lindamente… Aquele Abraço”, escreveu.

Nuno Rogeiro agradeceu ao agente com palavras emotivas: “Caro Nuno Neves, obrigado eterno de um pai ferido. Queria ter sido eu. A estar ali, A resguardá-lo. A empurrá-lo para fora da linha do carro. A apanhar com ele. A protegê-lo dos outros veículos que passavam. Mas o anjo da guarda acabou por ser o senhor agente”, pode ler-se.

Deixe uma resposta

Loading…

0

PJ deteve homem suspeito de crimes de roubo agravado e sequestro na região de Lisboa

GNR multa 60 pessoas por apanha ilegal de amêijoa em praia de Alcochete