in

“O Tomás nem teve hipóteses”: o relato da tia do jovem de 15 anos morto à facada em Cascais

CMVM

“O Tomás morreu no local, já ia sem vida quando o levaram para o hospital. Nem teve hipóteses”, recordou esta segunda-feira ao CM a tia do jovem de 15 anos, morto à facada em São Domingos de Rana, Cascais, ao final da tarde de sexta-feira.

Joana Silva descreveu ainda os últimos momentos do sobrinho: “Esteve a tarde toda a dois quarteirões de casa, na casa de um amigo, a arranjar bicicletas. Foi depois para um local onde costumam conviver, aqui perto, e aí começou a receber várias chamadas. Não teve tempo para confusão. O outro veio lançado [Dolário Salvador, 18 anos, em prisão preventiva], deu a facada e fugiu.”

“Quero justiça pelo meu sobrinho, vou até onde for preciso”, afirmou ainda a familiar. Tomás Braga foi morto com uma única facada.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Deixe uma resposta

Loading…

0

Procura da imagem perfeita nas ‘selfies’ online está a fragilizar autoestima das adolescentes

Mãe acusada de matar dois filhos recém-nascidos no distrito de Aveiro

Sugestões para ti