in

OE2020: BE acusa PS de ter abdicado de um “horizonte mobilizador à esquerda”

Lisboa, 06 fev 2020 (Lusa) – A coordenadora do BE considerou hoje que a crise do IVA da eletricidade no Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) é “exemplar das dificuldades desta legislatura”, acusando o PS de ter abdicado “de um horizonte mobilizador à esquerda”.

No discurso de encerramento do debate na especialidade do OE2020, que antecede a votação final global do documento, Catarina Martins criticou PSD, PCP, CDS-PP, PAN e a deputada não inscrita Joacine Katar Moreira pela “oportunidade perdida” e “irresponsabilidade política” do desfecho da “crise do IVA” da eletricidade, que terminou com a taxa a manter-se nos 23% após dois dias de tensão.

“O debate sobre o IVA neste Orçamento é exemplar das dificuldades desta legislatura. Ao recusar um acordo para a legislatura, o Partido Socialista não abdicou apenas dos mecanismos de entendimento para processos tão complicados e fundamentais como um Orçamento do Estado. Abdicou de um horizonte mobilizador à esquerda e que respondesse às expectativas concretas da população. O que resta é insuficiente”, condenou.

Deixe uma resposta

Loading…

0

OE2020: PAN considera que o orçamento melhorou e critica posição do PSD sobre touradas

OE2020: PS acusa PSD de demagogia e taticismo e critica cedência da esquerda a essa tentação