Padre que assumiu paternidade de bebé agradeceu apoio durante a missa

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

O sacerdote que assumiu a paternidade de uma menina nascida em agosto manteve o serviço pastoral com normalidade, este domingo de manhã, na igreja do Monte, na Madeira.

O padre Giselo Andrade ocupou o lugar habitual no altar da igreja do Monte. Nas mensagens aos fiéis, já no fim da missa, o pároco agradeceu o apoio que tem recebido “neste momento difícil”.

Diretor do Secretariado de Comunicação da diocese, o pároco assumiu, na quinta-feira, a paternidade de uma criança, nascida em agosto. O caso foi revelado na quinta-feira pelo jornal JM- Madeira, que fez manchete com a notícia.

Sábado à noite, o padre Giselo foi reconduzido pelo bispo do Funchal à frente da paróquia do Monte e este domingo de manhã manteve a agenda habitual, celebrando a eucaristia.

O jovem padre, que estudou Teologia da Comunicação na Universidade Gregoriana em Roma, é um dos mais influentes sacerdotes no Funchal. Em agosto foi pai de uma menina, filha de uma colega de faculdade do sacerdote.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Bispo do Funchal mantêm em funções padre que foi pai em agosto

Qual a sua opinião?