in

Pai de Valentina volta a tentar o suicídio na cadeia de Lisboa

Ricardo Almeida

Sandro Bernardo, em prisão preventiva desde o início de Maio por suspeitas do homicídio e ocultação de cadáver de Valentina, a filha de apenas 9 anos, em atouguia da baleia, Peniche, voltou ontem a tentar o suicídio através da ingestão de lixívia e detergente. 

O recluso, de 33 anos, chegou na quarta feira ao fim da tarde à cadeia de Lisboa após um período no hospital prisão de caxias, Oeiras. Foi colocado na ala de quarentena desta prisão, e foi numa cela desta zona prisional que, já pelas 02h00 desta quinta feira, ingeriu lixívia e detergente. Desconhece – se ainda como terá tido acesso a estas substâncias. 

Sandro Bernardo foi levado de urgência para o hospital de Santa Maria, de onde teve alta já de manhã. Regressou à prisão, e tem passado o dia a ter assistência psiquiátrica. 

Recorde-se que esta é a segunda tentativa de suicídio de Sandro Bernardo em menos de um mês. A 11 de Maio, quando ingressou na cadeia anexa à PJ, o pai de Valentina tinha cortado os pulsos com lâminas de barbear. 

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Deixe uma resposta

Loading…

0

Covid-19: Presidente da FPAK vê difícil regresso da Fórmula 1 este ano a Portugal

Covid-19: Lojas do Cidadão da Área Metropolitana de Lisboa fechadas até 15 de junho