in

Pai e madrasta de criança encontrada morta em Peniche ficam em prisão preventiva

O pai e a madrasta suspeitos da morte de uma criança em Peniche ficaram hoje em prisão preventiva, depois de terem sido ouvidos no Tribunal de Leiria na terça-feira, disse à agência Lusa fonte policial.

A criança, de 9 anos, foi dada como desaparecida na manhã de quinta-feira, depois de uma denúncia do pai no posto de Peniche da GNR.

Após três dias de buscas, a Polícia Judiciária (PJ) de Leiria encontrou o corpo da criança no domingo, numa mata na Serra D’el Rei, no concelho de Peniche, distrito de Leiria, e deteve o pai e a madrasta da vítima.

O resultado preliminar da autópsia aponta para uma morte violenta, desconhecendo-se ainda as suas causas.

O pai e a madrasta da criança foram ouvidos na terça-feira por um juiz de instrução criminal no Tribunal de Leiria.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Concurso da DGArtes de apoio a projetos abre este mês com 4,7 ME – ministério

Covid-19: Governo aponta decisão sobre injeção de capital na TAP para junho