Pai e filha protegem 80 cães em abrigo ameaçado pelas chamas

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

O Cantinho da Lili, em Gouveia, abriga mais de 80 cães. No domingo, Liliana dos Santos e o pai ficaram sozinhos a proteger os animais do fogo, que consumiu tudo à volta e provocou estragos na vedação e ferimentos em alguns cães.

“Estou presa com o meu pai. Está tudo a arder à nossa volta”, foi assim que Liliana dos Santos, de 35 anos, explicou o drama que enfrentou no Cantinho da Lili, em Gouveia. No vídeo publicado, no domingo, no Facebook, e partilhado por milhares de pessoas, pode ver-se as chamas que atingiram o local.

Estou presa com o mru Pai edta rudo a arder a nossa volta

Posted by Liliana Dos Santos on Sunday, 15 October 2017

 
O JN falou com Carlos Albuquerque, namorado de Liliana, que não se conseguiu juntar à companheira para defender o abrigo. “As estradas estavam todas cortadas e eles ficaram sozinhos. Felizmente, sem ferimentos, mas tiveram que enfrentar um verdadeiro inferno”, contou Carlos.

Foi através do telefone que conseguiu saber que Liliana e o sogro, Gregório Santos, de 65 anos, estão bem. “Estou em Aveiro e está a ser muito complicado falar com a Liliana, mas o mais importante é que está tudo bem”, disse.

Sozinha com os caes. Nao consigo respirar preciso de agua. Caes nao tem agua. Nao tenho maid forcas

Posted by Liliana Dos Santos on Sunday, 15 October 2017

 
O fogo ainda chegou à vedação, “provocando pequenos estragos”. Dos 80 animais, “quatro ou cinco inspiram maiores cuidados” na sequência de algumas feridas. “O calor que se fazia sentir era tanto que os animais tentaram fugir e começaram a morder-se por causa do stress, acabando por ficar com ferimentos”, refere. “Foi uma sorte, já que tudo o que está à volta do cantinho acabou mesmo por arder”, disse Carlos Albuquerque.

Apesar das dificuldades de contacto, Liliana Santos tem usado as redes sociais para informar os seguidores do Cantinho da Lili. “Amigos de Gouveia e arredores, precisamos de pessoas e mãos para ajudar a tratar dos animais. Água, transportadoras, coleiras, trelas e carros para levar animais ao veterinário e reorganizar animais. Precisam-se ajudas para comprar paus e redes de vedação”, escreveu na última publicação, ainda de madrugada.

Amigos de Gouveia e arredoresprecisam-se pessoas e mãos para ajudar a tratar dos animais, água, transportadoras,…

Posted by Liliana Dos Santos on Sunday, 15 October 2017

 
De acordo com informações publicadas na página, existe uma conta aberta para quem quiser fazer donativos para apoiar a recuperação do espaço.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Qual a sua opinião?