Palco “Rock Street” do Rock in Rio com cartaz completo que inclui Bonga e Karlon

Detectámos que tem um Ad Block ativo

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o Ad Block (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

O festival Rock in Rio, que se realiza em Lisboa em junho, apresentou hoje a programação da ‘Rock Street’, que se apresenta sob o mote “África no Mundo e o Mundo em África”.

A edição deste ano, que se realiza nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho, no Parque da Bela Vista, na freguesia lisboeta de Marvila, para a “EDP Rock Street” conta com, entre outros, Bonga, Selma Uamusse, Ferro Gaita, Moh! Kouyaté, Paulo Flores, Nástio Mosquito e Kimi Djabaté, apresentando ritmos como o angolano semba, o kilapanga, funaná, coladeira, rumba, jazz, rock, afro-punk, kwaito e kuduro.

“Um encontro entre tradição e modernidade, ao som das músicas de África”, afirma a organização do festival.

A vice-presidente executiva do Rock in Rio, Roberta Medina, afirma, em comunicado, que “a EDP Rock Street é já um sucesso consolidado junto dos visitantes da Cidade do Rock, que a cada edição encontram nesta rua manifestações artísticas e performances ímpares, além de se apresentar como um espaço privilegiado de festa, onde o público se sente ainda mais envolvido, podendo interagir com o espetáculo e com os próprios artistas”.

A edição deste ano da Rock Street aposta “na música, na arquitetura e nos espetáculos de rua, para mostrar a riqueza cultural do mais velho continente do mundo”.

No dia 23 de junho, o palco da EDP Rock Street estreia-se com o repertório de Kimi Djabaté, seguindo-se o género musical gumbé dos Tabanka Djaz, e fecha o palco o angolano Bonga, voz de temas como “Mariquinha” ou “Lágrima no Canto do Olho”.

Karlon, de Cabo Verde, abre o palco no dia 24 de junho, seguindo-se o ritmo rock-rumba e funk de Baloji, encerrando o dia os Ferro Gaita.

No segundo fim de semana, o palco abre no dia 29 com A’Mosi Just a Lable (Jack Nkanga), seguindo-se o músico, performer, poeta, videasta e artista plástico Nástio Mosquito, com a sua DZZZZ band, e fecha o palco Moh! Kouyaté.

A programação do último dia do festival, 30 de junho, da EDP Rock Street inclui Selma Uamusse, que vai cantar canções em changana e chope, dialetos de Moçambique, Batuk, e o angolano Paulo Flores, que está a celebrar 30 anos de carreira e irá apresentar as canções do seu novo álbum de originais, “Kandongueiro Voador”, a editar este ano.

Entre outros palcos, que irão também funcionar na Bela Vista, um deles terá música “non-stop”, em que atuam, entre outros, Carolina Deslandes, HMB, Capitão Fausto, Manel Cruz, Carlão, Anavitória, Língua Franca com Sara Tavares, Blaya, DJ Vibe, Diego Miranda, Karetus, Deejay Kamala, Mishlawi e Bispo.

O cartaz deste ano do festival inclui, entre outros nomes, Bruno Mars, Katy Perry, Muse, The Killers e Chemical Brothers.

Recomendações

Recomendações

Comente e partilhe a sua opinião!

Vídeo do dia