in

Parlamento “chumba” propostas do PSD sobre funcionamento da AR

Lisboa, 10 jul 2020 (Lusa) — O PSD viu hoje serem chumbadas, com o voto do PS, duas propostas para acabar com a comissão de Transparência, substituindo-a por um conselho, e outra que permitiria a entrada de personalidades independentes em comissão de inquérito.

Depois de ter ficado isolado, no debate, a defender estas duas propostas, e sob “fogo” do PS, que acusou os sociais-democratas de populismo, na hora de votar apenas o Chega e da deputada não inscrita Cristina Rodrigues esteve ao lado do PSD no projeto de lei para a “participação obrigatória de pessoas da sociedade civil nas comissões parlamentares de inquérito”.

Na generalidade, votaram contra PS, BE, PCP, CDS-PP, PEV e abstiveram-se o PAN e a Iniciativa Liberal.

Já no projeto de lei para extinguir a comissão de Transparência e Estatuto dos Deputados, substituindo-a por um conselho com personalidades externas à Assembleia, o PSD teve apenas o apoio do Chega.

Contra votaram PS, BE, CP, CDS, PAN, PEV, IL e absteve-se Cristina Rodrigues.

Aprovadas, com a ajuda da abstenção do PS, foram dois projetos de lei quanto ao direito de petição e outro quanto ao acompanhamento dos assuntos europeus pelo parlamento português.

 

Deixe uma resposta

Loading…

0

Covid-19: Marcelo alerta que pandemia tem criado novos sem-abrigo

Apoios do Governo à agriculta são “irrisórios, insignificantes e insultuosos” – CDS