in

PE: Centeno diz que quebra económica não deve afetar “estabilidade institucional”

Lisboa, 14 mai 2020 (Lusa) – O ministro das Finanças, Mário Centeno, disse hoje no parlamento que a quebra económica associada à covid-19 não deve afetar “a estabilidade social e institucional”, um dia depois do primeiro-ministro ter reafirmado a confiança no governante.

“Não devemos, não podemos permitir que este interregno [económico] afete as instituições, a estabilidade económica e financeira e bancária de longo prazo, nem muito menos a estabilidade social e institucional”, disse Mário Centeno durante o debate sobre os programas de Estabilidade e Nacional de Reformas, que decorre hoje no parlamento.

Esta tarde, o ministro de Estado e das Finanças já tinha dito, em declarações ao Expresso, que “a crise foi ultrapassada”, depois de na quarta-feira à noite o primeiro-ministro, António Costa, ter reafirmado  a sua “confiança pessoal e política” em Mário Centeno, após uma reunião em São Bento num encontro em que, segundo um comunicado do gabinete do primeiro-ministro, “ficaram esclarecidas” as questões relativas à transferência para o Fundo de Resolução de 850 milhões de euros destinados ao Novo Banco.

JE (PMF) // JNM

Deixe uma resposta

Loading…

0

Festival Play It Safe será ato solidário e de respeito entre público e músicos

Covid-19: Visitantes procuram calma e paz no Oceanário de Lisboa