PUB

Pedófilo português acusado de 72 mil crimes pede para ser castrado

2.521

O pedófilo português que liderava uma rede mundial de pedofilia na ‘darkweb’- lado negro da internet – vai pedir em tribunal para ser castrado.

PUB

A notícia foi avançada pelo Correio da Manhã esta terça-feira.

O jovem de 25 anos confessou parte dos crimes cometidos, quando foi preso. Diz ainda que nunca se arrependeu.

Na altura, foi apanhado na cama pela Polícia Judiciária com duas crianças de cinco anos, despidas, na sua casa nos arredores de Aveiro.

O arguido é acusado de mais de 72 mil crimes de abuso sexual de menores, incluindo vítimas com apenas um mês de vida, e pornografia infantil e o pedido de castração é a estratégia que vai apresentar em julgamento.

“Acho bem que o faça [a castração]. E que o faça dentro da prisão. Assim, quando sair da prisão já todas as crianças podem estar ao pé dele. Ele não fará nada. Já utilizou tudo o que tinha a utilizar”, disse o pai à mesma publicação.

O pedófilo terá agido com o conhecimento dos pais, que foram igualmente acusados de abuso sexual de menores (seis) por cumplicidade com o filho.

O Ministério Público sustenta que os pais estavam a par das “práticas sexuais com menores no interior do quarto, inclusivamente com os próprios netos”.

Anteriormente condenado a uma pena suspensa por pornografia de menores, usando familiares como sobrinhos e primos, o homem é suspeito de gerir uma rede internacional de sexo com bebés.

O processo chega aos tribunais no próximo dia 20 de maio, no Campus da Justiça, em Lisboa.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web