Obrigado por visitar o Informa+

Utilizamos cookies para melhorar a experiência do utilizador, fornecer funcionalidades de redes sociais, personalizar conteúdos, anúncios e analisar o tráfego no site. Consente? Pode alterar as suas definições de cookies em qualquer altura.

PUB
Categories: Portugal
| Em
06/02/2020 10:35

Pilotos do INEM impedidos de voar por falta de treino e formação

A Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) proibiu vários pilotos da emergência médica do INEM de voar por falta de treinos e formações obrigatórias, segundo notícia do Jornal de Notícias.

PUB

Esta decisão tem afetado mais os helicópteros de Macedo de Cavaleiros e de Viseu, principalmente durante o período noturno.

A Autoridade de Aviação Civil aponta responsabilidades de colmatar estas falhas à empresa britânica Babcock, a quem o Estado contratou os helicópteros.

O INEM indica que estes “constrangimentos estarão em vias de serem ultrapassados”.

A empresa britânica Babcock já esclareceu que “não é correta a informação que afirma que os pilotos da Babcok estejam a voar sem licença” e que a empresa já “está a trabalhar, com sentido de urgência, em conjunto com a ANAC de forma a ultrapassar as não conformidades administrativas ainda pendentes e não revertidas”.

A nota enviada ao Informa+ esclarece ainda que a Babcock está focada em “garantir que os serviços de emergência continuam totalmente operacionais, colocando os recursos necessários na operação de emergência médica até que este assunto seja cabalmente resolvido”, sendo a “segurança de trabalhadores, clientes e utilizadores uma prioridade”.

*Artigo atualizado em 06/02/2020 16:22 com esclarecimento da Badcock

PUB
Receba notícias de última hora e informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar gosto ➜  
Partilhar
Mais informação sobre: EstadoINEM
PUB
Comente. Dê a sua opinião
PUB