Pinta cabelo da filha de rosa e deixa-a ter tatuagens

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Uma mãe natural da Califórnia, nos Estados Unidos, diz usar um “método de educação alternativo” que já a levou a pintar o cabelo da filha de dois anos de cor-de-rosa e a aplicar-lhe tatuagens temporárias.

Amy Lyn já foi alvo de críticas por este estilo de parentalidade mas não se deixa afetar e publica diversas imagens da suas e da criança com o cabelo a condizer.

Amy, de 25 anos, está a aprender a tatuar e quer fazer desta arte a sua profissão. A jovem diz que pretende ensinar à filha, BellaMae, que esta tem de fazer as suas próprias escolhas desde cedo.

“Como mãe, não quero mudar o meu lado mais escuro e criativo. Esperei até a minha filha ter interesse nela mesma para a ‘apresentar’ às tatuagens temporárias, à maquilhagem colorida e ao cabelo pintado”, diz, citada pelo jornal The Mirror.

Aos críticos, a jovem responde que prefere começar a deixar desde cedo que a menina possa fazer as suas escolhas. “Dou opções à minha filha para poder agora ter o cabelo pintado para que no futuro ela possa tomar as suas melhores decisões.”

O estilo de Amy, com tatuagens, cabelo pintado e ‘alargadores’ nas orelhas, poderá ser a inspiração para a menina: “Se ela fizer agora estas opções, no futuro não vai perder tempo a descobrir quem é e poderá focar-se a tornar os seus sonhos realidade”.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Qual a sua opinião?