PJ detém suspeita de matar e cortar cabeça de mulher encontrada em Matosinhos

0 332

A Polícia Judiciária deteve uma mulher por homicídio qualificado e profanação de cadáver, num caso associado ao aparecimento de uma cabeça humana no areal da praia de Leça da Palmeira, Matosinhos, em 07 de março, informou hoje aquela autoridade.

Em comunicado, a Diretoria do Norte das Polícia Judiciária afirma que a suspeita é uma massagista de 52 anos e de nacionalidade estrangeira, referindo que na origem dos factos “está a existência de uma dívida da arguida à vítima, que esta insistia em ver saldada”.

A polícia diz que a investigação do caso “encontra-se ainda em desenvolvimento”, mas as “intensas diligências” já desenvolvidas permitiram perceber que a vítima trabalhava para a suspeita em atividade não revelada.

A cabeça de mulher foi encontrada cerca das 10:00 de 07 de março na praia de Leça da Palmeira, em Matosinhos, dentro de um saco de plástico, de acordo com relatos feitos na altura por fonte dos Bombeiros de Matosinhos/Leça.

A Polícia Judiciária, continuou a fonte, “esteve a remover lixo de dentro de um contentor próximo do local onde foi encontrada a cabeça, para tentar descobrir se encontrava mais partes do corpo”.

Não tendo encontrado outras partes do corpo, a PJ deu por concluídas as investigações cerca das 12:15, após o que a cabeça foi transportada ao Instituto de Medicina Legal do Porto.

Outros conteúdos na web

Comente, dê a sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Recomendados