Categories: Portugal
| Em
08/11/2019 12:18

PJ revela perfil da mulher que abandonou o filho no lixo

A Polícia Judiciária revelou alguns detalhes da mulher que abandonou o filho recém-nascido no caixote do lixo, junto à discoteca Lux Frágil, em Lisboa.

Segundo porta-voz da PJ, trata-se de uma jovem de 22 anos que “vive em condições precárias na via pública”.

Sem revelar a nacionalidade, o inspetor da PJ indica que a mulher não apresentava “antecedentes criminais ou policiais” e foi alegadamente a “única autora do crime”.

A detenção ocorreu na madrugada desta sexta-feira. A mulher não ofereceu resistência e “estava consciente e sem alteração do estado emocional ou psíquico”.

Segundo o esclarecimento, o parto terá sido “feito nas imediações onde o bebé foi encontrado”, na via pública.

A jovem “não deu entrada em nenhum centro hospitalar”.

A PJ recolheu “indícios da prática do parto e do crime. Como vestuário que foi utilizado na prática dos atos”.

Quanto ao destino do menino, a PJ indica que “foi instaurado um processo de proteção dos direitos da criança”.

Pelas declarações da detida, o progenitor da criança não terá conhecimento e “não se encontra na cidade nem na região”.

Em causa poderá estar o crime de “homicídio qualificado na forma tentada”.

Patricia Runa

Licenciada em Ciências da Comunicação, abraço este novo desafio, para poder "voar" numa profissão que ainda pode fazer a diferença.

Mais informação sobre: BebéLisboaLixoPJ