Plantel do Sporting protesta contra presidente e recusa-se a treinar

Detectámos que tem um Ad Block ativo

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o Ad Block (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Os jogadores leoninos não treinaram esta sexta-feira como forma de protesto por causa das polémicas afirmações de Bruno de Carvalho, após a derrota com o Atlético de Madrid.

As críticas de Bruno de Carvalho aos jogadores do Sporting, logo após a derrota diante do Atlético de Madrid, caíram mal junto do plantel leonino, que esta sexta-feira se recusou a treinar, apurou o JN. Os futebolistas exigiam a presença do presidente em Alcochete para que este se pudesse retratar – mas tal não aconteceu.

Esta tomada de posição do grupo é uma forma de protesto face ao “post” de Bruno de Carvalho no Facebook. “Coentrão e Dost não quiseram jogar em Alvalade”, escreveu o dirigente na rede social, entre outras críticas, mal terminou o encontro da primeira mão dos quartos-de-final da Liga Europa, em Madrid, que ditou a derrota dos leões (2-0).

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Recomendações

Recomendações

Comente e partilhe a sua opinião!