Obrigado por visitar o Informa+

Utilizamos cookies para melhorar a experiência do utilizador, fornecer funcionalidades de redes sociais, personalizar conteúdos, anúncios e analisar o tráfego no site. Consente? Pode alterar as suas definições de cookies em qualquer altura.

PUB
Categories: Sociedade
| Em
12/02/2020 09:59

Polémica. Padre afirma que pedofilia “não mata ninguém” ao contrário do aborto

O padre católico Richard Bucci revelou a lista de 44 políticos norte-americanos que votaram a favor da lei do aborto e proibiu-os de comungar na sua paróquia, em Rhode Island.

PUB

O católico defende que “de acordo com os ensinamentos da Igreja Católica por 2000 anos, os seguintes membros da legislatura não podem receber a Santa Comunhão, assim como todos os responsáveis do estado de Rhode Island, bem como os membros do Congresso de Rhode Island”.

No documento divulgado, Bucci compara o aborto aos casos de pedofilia cometidos por elementos da Igreja Católica, afirmando que ao contrário do aborto, “a pedofilia nunca matou ninguém”.

A frase polémica está a gerar indignação nas redes sociais.

PUB
Receba notícias de última hora e informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar gosto ➜  
Partilhar
Mais informação sobre: EUAIgrejaPadrePolémicaRichard Bucci
PUB
Comente. Dê a sua opinião
PUB