Poluição atmosférica chega ao interior dos edifícios e prejudica saúde humana

Um grupo de investigadores da Universidade de Wisconsin-Madison, nos Estados Unidos, chegou à conclusão que os níveis de dióxido de carbono (CO2) encontrado dentro de escolas, escritórios e habitações já estão a ter efeitos na saúde da população.

O estudo publicado na revista Nature Sustainability evidencia as consequências que esses elevados níveis de poluição em espaços interiores podem ter para a saúde humana.

Segundo os cientistas os níveis de CO2 encontrados em espaços fechados como habitações, salas de aula, escritórios ou consultórios podem ter impactos negativos em várias áreas da saúde humana como o desempenho cognitivo, inflamações crónicas, comportamentos alimentares, stress e/ou problemas respiratórios.

A comunidade científica pensava que os níveis de CO2 precisavam de atingir uma concentração de pelo menos cinco mil partes por milhão (ppm) para afectar a saúde humana, mas agora sabe-se que níveis de CO2 tão baixos como 1000 ppm podem causar problemas de saúde, mesmo se a exposição se prolongar apenas por algumas horas.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web