in

Portugal autossuficiente em 85% com destaque para azeite e tomate

Lisboa, 14 jul 2020 (Lusa) — Portugal tem, atualmente, um grau de autoaprovisionamento próximo dos 85%, destacando-se o azeite (160%) e o tomate (175%), anunciou hoje, na Assembleia da República, a ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque.

“Portugal tem um grau de autoaprovisionamento [autossuficiência alimentar do país] de cerca de 85%”, indicou Maria do Céu Albuquerque, numa audição na comissão parlamentar de Agricultura e Mar.

De acordo com os dados avançados pela governante, por produto, o grau de autoaprovisionamento dos cereais está nos 18%, da carne em 75%, dos frutos nos 77%, do vinho em 113%, do azeite nos 160%, dos hortícolas nos 155%, do tomate em 175%, da batata em quase 49%, do leite em 106%, do queijo em 65% e da manteiga em 152%.

A ministra sublinhou que o Governo está preocupado com os dados relativos aos cereais, ressalvando que está em curso uma estratégia de desenvolvimento que propõe atingir um grau de 38%.

“Para isso, precisamos de melhorar a produção média em relação ao milho, cereais praganosos [trigo mole, trigo duro, centeio, cevada, aveia, triticale] e também ao arroz”, destacou.

Maria do Céu Albuquerque vincou ainda ser necessário continuar a alimentar a balança comercial, aumentando as exportações e diminuindo as importações, através da valorização “dos produtos da época, da produção local e das cadeias curtas”.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Governo quer desenvolver interligação elétrica a Marrocos

Incêndios: Centenas de pessoas no funeral do bombeiro de Miranda do Corvo que morreu no sábado