Português mata ex-namorada e esconde o corpo numa mala

0 8.087

Uma mulher de 24 anos foi encontrada morta dentro de uma mala, próximo da estrada da cidade de Greenwich, EUA.

Valerie Reyes revelou à mãe, uns dias dias antes, que temia que alguém a matasse. O corpo da jovem foi encontrado dentro de uma mala vermelha, oito dias depois de ter sido dada como desaparecida, a 29 de janeiro.

“Ela estava realmente assustada, muito assustada”, disse Norma Sanchez, mãe da vítima, ao WABC, canal da cadeia de televisão CNN.

O corpo da vítima foi encontrado por um grupo de trabalhadores da construção civil, próximo de uma rua residencial tranquila, a mais de 20 quilómetros do apartamento em New Rochelle, onde vivia sozinha, conta o Jornal de Notícias.

As autoridades pediram as gravações das câmaras dos sistemas de segurança próximos do local.

“A minha filha não merecia o que quer que lhe tenha acontecido. Mais cedo ou mais tarde, vamos apanhar quem fez isto”, afirmou a mãe da vítima, citada pela CNN.

O principal suspeito é o ex- namorado, Javier da Silva, lusodescendente de 24 anos, que foi agora preso, após investigação policial. O homicida usou cartões bancários da vítima depois do crime.

“Confesso que atei o corpo, guardei-o numa mala e abandonei-o, mas ela morreu por ter batido com a cabeça no chão enquanto fazíamos sexo”, disse Javier em tribunal.

Segundo a polícia, o homem está em situação ilegal nos Estados Unidos.

Javier da Silva tem dupla nacionalidade, portuguesa e venezuelana. O homem disse ao juiz que quer ser extraditado para Portugal.

Comente, dê a sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado.