Portuguesa morta em assalto. Filho baleado fica em coma

0 26

Uma mulher de 64 anos, natural de Porto Moniz, Madeira, foi assassinada a tiro na cidade de Brakpan, África do Sul, durante um assalto à sua casa.

O filho foi também baleado na cabeça.

O homem, professor numa universidade local, foi levado de helicóptero para um hospital e submetido a uma cirurgia de várias horas. Encontra-se com prognóstico muito reservado.

Maria Gilda Fernandes foi morta com vários disparos.

A polícia da província de Gauteng procura “pelo menos” três suspeitos armados e apela a testemunhos do crime.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Comente, dê a sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado.