Preços da Habitação aumentam 7,9% no 1º trimestre

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

O Índice de Preços da Habitação (IPHab) aumentou 7,9% no primeiro trimestre deste ano, face a igual período do ano passado, de acordo com dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Esta subida, segundo o INE, prolonga “a dinâmica de crescimento de preços que se regista desde o último trimestre de 2013” e é superior em 0,3 pontos percentuais à observada no trimestre anterior, a mais elevada da série disponível.

“Tal como tem vindo a suceder desde o último trimestre de 2014, os alojamentos existentes continuaram a evidenciar um crescimento dos preços superior ao dos alojamentos novos (9,2% e 4,2%, respetivamente)”, refere o instituto.

No caso dos alojamentos existentes, os preços das habitações aumentaram 9,2%, o mesmo que no trimestre anterior.

Nos alojamentos novos, o aumento fixou-se nos 4,2%, a taxa mais elevada desde o primeiro trimestre de 2016.

Em relação ao trimestre anterior, o IPHab aumentou 2,1% (1,2% no quarto trimestre de 2016), elevando para oito o número de trimestres consecutivos com crescimento dos preços das habitações.

Nos primeiros três meses de 2017 transacionaram-se 35.178 habitações, o que correspondeu a um aumento homólogo de 19,4%.

Para o mesmo período, o valor das vendas aumentou 25,9% em termos homólogos, tendo ultrapassado os 4,3 mil milhões de euros, 3,4 mil milhões dos quais referentes a transações de alojamentos existentes.

Qual a sua opinião?