in

Presidente lamenta “inesperado falecimento” do deputado socialista João Ataíde das Neves

Lisboa, 21 fev 2020 (Lusa) — O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou hoje o “inesperado falecimento” do deputado do PS João Ataíde das Neves na madrugada de hoje, vítima de doença súbita.

“O Presidente da República lamenta profundamente o inesperado falecimento do deputado da Assembleia da República João Ataíde da Neves”, refere uma nota publicada na página da internet da Presidência da República.

Marcelo Rebelo de Sousa enviou “à família enlutada as mais sentidas condolências”, acrescenta o texto.

A nota da Presidência da República recorda que, além de deputado socialista, “João Ataíde das Neves era membro do Conselho Superior de Defesa Nacional”.

“Numa vida dedicada ao serviço público também como magistrado, autarca e secretário de Estado, destacam-se os dez anos em que exerceu as funções de presidente da Câmara da Figueira da Foz, entre 2009 e 2019”, assinala.

O deputado do PS, ex-presidente da Câmara da Figueira da Foz e antigo secretário de Estado do Ambiente João Ataíde morreu hoje, aos 61 anos, de doença súbita, disse à agência Lusa o presidente daquele município.

Carlos Monteiro não adiantou pormenores sobre a morte do seu antecessor no cargo, apenas referindo que se deveu a doença súbita.

João Ataíde morreu durante a madrugada em Coimbra, onde estava após ter regressado de Lisboa na quinta-feira.

Antigo presidente da Câmara da Figueira da Foz, cargo que ocupou durante uma década, João Ataíde renunciou ao mandato em abril de 2019, para integrar o Governo como secretário de Estado do Ambiente.

Nas últimas eleições, foi candidato a deputado nas listas do PS pelo círculo de Coimbra, tendo sido eleito.

Sugestões para ti