in

Primeiro-ministro enaltece e quer manter “saudável convivência” com o Presidente

Lisboa, 16 dez 2019 (Lusa) – O primeiro-ministro enalteceu hoje a “saudável convivência” entre Governo e Presidente da República e afirmou querer manter esse relacionamento que, no seu entender, tem contribuído para unidade do país e para a sua projeção externa.

“Aqui estamos para manter esse relacionamento da forma mais saudável, que eu acho que tem sido muito positivo para a imagem externa do país e para a unidade interna no país. Acho que o país aprendeu muito ao longo destes quatro anos da saudável convivência entre órgãos de soberania e eu acho que seguramente assim iremos continuar a manter”, afirmou.

António Costa, que falava numa apresentação de cumprimentos de boas festas ao Presidente da República por parte do Governo, anteviu um ano de 2020 “muito difícil” e apontou vários “desafios estratégicos” de longo prazo a “enfrentar em conjunto” com o chefe de Estado, apesar de Marcelo Rebelo de Sousa terminar o seu mandato em março de 2021.

“Estamos no início das nossas funções. Temos quatro anos pela nossa frente e um ano novo que vai ser também o início de uma nova década, em que temos vários desafios estratégicos para enfrentar em conjunto”, declarou o primeiro-ministro, na Sala dos Embaixadores do Palácio de Belém, em Lisboa.

António Costa destacou os combates às alterações climáticas e às desigualdades e os desafios associados à transição digital, acrescentando: “Sabemos que o senhor Presidente da República partilha connosco da preocupação com todos estes objetivos e que será sempre atento na forma como o país se mobiliza coletivamente para enfrentar estes desafios”.

Sugestões para ti