Professor detido por abusar de crianças em escola básica de Beja

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Um professor de uma escola básica do distrito de Beja foi detido por suspeita de pelo menos 87 crimes de abuso sexual de crianças suas alunas e aguarda julgamento em prisão preventiva.

Segundo a Polícia Judiciária, o homem, de 47 anos, “usando da ascendência que lhe conferia o estatuto de professor”, conseguiu que “as suas alunas, menores de oito anos, se sujeitassem a atos de natureza sexual por ele praticados” desde 2015 na escola do 1.º ciclo do ensino básico do distrito de Beja onde lecionava.

Fonte da Polícia Judiciária disse, este sábado, à agência Lusa que o professor foi detido na quarta-feira e sujeito, na sexta-feira, a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Beja, que lhe decretou a medida de coação de prisão preventiva, estando a aguardar julgamento no Estabelecimento Prisional de Beja.

Segundo o Ministério Público de Beja, o homem está “indiciado pela prática de pelo menos 87 crimes de abuso sexual de crianças”, o inquérito encontra-se em segredo de justiça e a investigação foi delegada na Polícia Judiciária de Faro.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Recomendado pelo Informa+

Qual a sua opinião?