in

Profissional de saúde desliga frigorífico e destrói mais de 1100 doses da vacina da Covid-19

Adobe Stock

Um profissional de saúde dos EUA destruiu mais de 1100 doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 depois de ter desligado acidentalmente a arca frigorífica onde as mesmas se encontravam armazenadas.

A falha na conservação das doses foi denunciada por funcionários da área de saúde do condado de Palm Beach, na Flórida, durante uma operação de “verificação de garantia de qualidade”, avança o jornal “Daily Star”.

As doses foram posteriormente inutilizadas, uma vez que a vacina das farmacêuticas Pfizer/BioNTech necessita de uma temperatura de armazenamento de -70º Celsius antes de ser colocada num frigorífico cinco dias antes da sua utilização. Ao todo, e segundo o jornal britânico, foram desperdiçados 232 frascos.

Após o incidente, as autoridades de saúde criaram um frigorífico centralizado, equipado com um gerador para estes casos.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Sugestões para ti