Proteção civil confirma habitações atingidas no fogo de Vila de Rei e Mação

O incêndio de Vila de Rei e Mação já atingiu algumas habitações sem que neste momento haja um número quantificado, segundo a proteção civil.

“Há registo de casas atingidas pelas chamas, mas não temos ainda um número fiável”, afirmou o comandante do Agrupamento Centro Sul, Belo Costa, na conferência de imprensa às 20:00, para fazer o ponto da situação dos incêndios que desde sábado à tarde atingem os distritros de Castelo Branco e Santarém.

Belo Costa sublinhou que o período da tarde foi especialmente complexo, sobretudo devido às condições meteorológicas, com rotação do vento e aumento significativo da temperatura, o que levou “a dificuldades acrescidas no incêndio” que às 13:00, aquando da conferência de imprensa anterior, estava controlado em 85%.

“Por via das projeções passamos a ter ignições em locais onde as forças estavam menos reforçadas. Foi uma tarde extraordinariamente difícil e de extrema propagação do incêndio”, sublinhou o comandante, que falava no posto de comando instalado na Sertã, distrito de Castelo Branco.

Belo Costa adiantou ainda que estiveram mobilizados 14 meios aéreos para combater as chamas durante o período de máximo empenhamento e que, neste momento, no incêndio de Vila de Rei e Mação estão no terreno 839 operacionais da proteção civil apoiados por 296 viaturas.

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Recomendados

Recomendados