Quem anda mais depressa vive mais tempo

Investigadores da Clínica Mayo, no Reino Unido, analisaram 474 919 pessoas com idade média de 52 anos, entre 2006 e 2016, concluindo que aqueles com um ritmo de caminhada rápido tinham uma esperança média de vida mais longa – em todas as categorias de peso.

PUB

Segundo o estudo, os chamados “caminhantes rápidos” dão cerca de 100 passos por minuto, enquanto os mais lentos dão apenas metade dos passos durante o mesmo período de tempo.

Entre as mulheres, as que caminhavam mais depressa tinham uma expectativa de vida de 86,7 a 87,8 anos; já os homens com o mesmo ritmo de passada tinham uma expectativa de vida de 85,2 a 86,8. Contudo, os caminhantes mais lentos ficaram muito abaixo – as mulheres só chegavam em média aos 72,4 anos e os homens aos 64,8.


Publicado originalmente em: Visão

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web