in

Receita fiscal do Estado cresce 1,0% e atinge 3,55 mil ME em janeiro

Lisboa, 27 fev 2020 (Lusa) – O Estado arrecadou 3,55 mil milhões de euros em impostos em janeiro, o que reflete uma subida homóloga de 1,0%, indica a Síntese de Execução Orçamental da Direção-Geral do Orçamento (DGO), hoje divulgada.

“No primeiro mês de 2020, a receita fiscal líquida do subsetor Estado registou um aumento de 34,6 milhões de euros (+1%) face a janeiro de 2019, maioritariamente explicado pela evolução da receita dos impostos diretos, nomeadamente IRS e outros impostos diretos”, refere a DGO, assinalando que o crescimento agora observado compara com a taxa de crescimento homólogo de 20,3% observada em janeiro de 2019.

Corrigida do efeito do alargamento do prazo do Imposto sobre o Tabaco (IT) e do Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos (ISP), a receita fiscal líquida regista um aumento de 75 milhões de euros.

Segundo a DGO, “tanto a receita fiscal de janeiro de 2020 como de janeiro de 2019 são influenciadas pelo efeito do alargamento do prazo, na sequência da tolerância de ponto ocorrida em 2019 e 2020, o que implica que a receita respeitante a dezembro fique refletida orçamentalmente no mês de janeiro”. Assim, retirado este efeito, “em janeiro de 2020 a receita fiscal registou um crescimento homólogo 2,3% (+75 milhões de euros)”.

Sugestões para ti