Categories: Portugal
| Em
11/10/2019 20:54

Reclusos da cadeia de Monsanto em greve de fome após morte de preso

Vinte reclusos da cadeia de alta segurança do Monsanto, em Lisboa, começaram esta sexta-feira um período de greve de fome, sem fim previsto.

Os presos protestam contra a recente morte de um recluso no estabelecimento prisional de Lisboa, que faleceu em sequência de queimaduras numa cela.

O protesto tem também a ver com a falta de guardas prisionais o que, sabe o CM, está a impedir que os presos daquele estabelecimento prisional de alta segurança possam realizar as atividades normais de tempos livres, como a prática de desporto ou trabalho em oficinas.

O estabelecimento prisional de Monsanto conta, neste momento, com cerca de 60 reclusos, o que equivale por dizer que cerca de um terço da população prisional nesta cadeia está, neste momento, em greve de fome.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã
Jornais/Revistas

Artigos republicados de prestigiados Jornais e Revistas nacionais online.