Rede de cidades euro mediterrânicas apoia Évora para Capital Europeia da Cultura

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

A Aliança das Cidades Culturais Euro Mediterrânicas (AVEC) declarou apoio à possível candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura em 2027, cujo processo está a ser desenvolvido pelo município e outras entidades do Alentejo.

A Câmara de Évora divulgou hoje que a rede AVEC manifestou disponibilidade para “apoiar e promover” a eventual candidatura da cidade alentejana, numa carta enviada ao presidente do município, Carlos Pinto de Sá.

Constituída em 1997, a AVEC, uma associação sem fins lucrativos com sede em Arles, França, reúne um conjunto de cerca de 30 cidades europeias e mediterrânicas e tem o objetivo de preservar e promover o património.

Segundo a autarquia, na carta, assinada pelo copresidente da instituição, Christian Mourisard, é reconhecido o “notável trabalho que o município tem vindo a desenvolver desde há muitos anos no sentido de posicionar a cultura e o património no coração da estratégia de um desenvolvimento urbano sustentável”.

“A câmara municipal e as várias instituições que compõem a comissão executiva da candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura 2027 não podem deixar de se congratular por ter o apoio e o reconhecimento de uma instituição com tal importância no contexto internacional”, pode ler-se no comunicado do município.

No dia 02 deste mês, a cidade de Évora anunciou oficialmente, em Paris, França, a sua intenção de se candidatar a Capital Europeia da Cultura em 2027.

Os promotores da candidatura de Évora estão a preparar o processo e só mais tarde será decidida a sua concretização, estando a decisão sobre a Capital Europeia da Cultura em 2027 prevista para cinco anos antes, em 2022.

Em Paris, o vereador da Cultura da Câmara de Évora, Eduardo Luciano, assumiu a candidatura como “Évora/Alentejo”.

A comissão executiva integra, além do município, a Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, Agência Regional de Promoção Turística, Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional, Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, Direção Regional de Cultura, Fundação Eugénio de Almeida e a Universidade de Évora.

A AVEC é reconhecida como parceira oficial da Organização das Nações Unidas, para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), com o estatuto de consultora para as questões da cultura e património.

A cidade de Évora concretizou a sua adesão à Aliança das Cidades Culturais Euro Mediterrânicas em 2003, sendo atualmente um membro ativo com assento no conselho de administração.

O centro histórico de Évora comemora este mês o 31.º aniversário da classificação como Património Mundial, pela UNESCO.

Recomendado pelo Informa+

Qual a sua opinião?