in

Rui Rio acredita em vitória na primeira volta das eleições internas do PSD

O presidente do Partido Social Democrata (PSD) e líder parlamentar, Rui Rio, intervém durante o jantar de Natal do grupo parlamentar do partido, na Assembleia da República, em Lisboa, 18 de dezembro de 2019. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Porto, 03 jan 2020 (Lusa) — O candidato à liderança do PSD Rui Rio afirmou hoje acreditar numa vitória nas eleições de dia 11, “eventualmente até na primeira volta”, notando que, se perder, “não há desespero nenhum”.

“A vitória não é garantida em eleição nenhuma, portanto aqui também não é. O que eu penso é que o mais normal é ganhar, eventualmente ganhar até à primeira volta. Mas, se não ganhar, não há desespero nenhum. É o que os militantes entenderem”, disse o atual presidente social-democrata, em declarações aos jornalistas à margem de um encontro com a Comissão de Honra Distrital do Porto, na qual destacou a presença de várias personalidades independentes.

Quanto ao encontro de hoje entre o PS, o BE e o PCP com vista à aprovação do Orçamento de Estado, Rui Rio lembrou que os socialistas deixaram clara a intenção de uma “governação à esquerda”, frisando não ter pedido “margem nenhuma” para negociações com o PSD.

Sugestões para ti