Samsung cria bateria que carrega em 12 minutos e tem mais 45% de capacidade

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Construída a partir de grafeno, um material derivado do carbono, a nova bateria carrega cinco vezes mais depressa que as convencionais e dura 45% mais tempo. Mas vai demorar muito tempo até à sua massificação.

A empresa de electrónica sul-coreana Samsung anunciou a criação de uma bateria inovadora, que carrega cinco vezes mais rápido que as convencionais, tem uma capacidade de armazenamento 45% superior e pode ser utilizada em automóveis.

O Financial Times refere que a nova bateria usa bolas de grafeno – descrito como um “material milagroso” e que é obtido a partir do carbono – que prolongam a vida de baterias de iões-lítio e permitem um carregamento mais rápido.

A resistência, as propriedades de condução de electricidade e a elasticidade do grafeno fazem com que seja considerado um material ideal para substituir a actual tecnologia de iões-lítio, permitindo ainda produzir baterias mais pequenas.

Assim, em vez de uma hora – tempo médio de carregamento actual – as novas baterias demorarão 12 minutos a carregar. Além disso, como mantêm estabilidade a temperaturas até 60 graus Celsius, podem ser usadas em carros eléctricos, refere o Financial Times.

“É uma grande tecnologia com várias aplicações potenciais, mas vai demorar muito tempo até que as baterias à base de grafeno sejam produzidas em massa,” disse o analista Kim Young-woo, da SK Securities.

A nova tecnologia resulta do trabalho de investigação na área das baterias, que ganhou força depois dos casos de sobreaquecimento de baterias nos smartphones Galaxy Note 7.

Este artigo foi publicado originalmente no Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Negócios
” target=”_blank”>Jornal de Negócios

Recomendado pelo Informa+

Qual a sua opinião?