Sem-abrigo dormem dentro de sepulturas para fugir ao frio

Detectámos que tem um Ad Block ativo

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o Ad Block (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

O cemitério de Mill Road, em Cambridge, no Reino Unido, foi invadido por sem-abrigo que estão a utilizar as sepulturas para se resguardar do frio que se faz sentir na região.

Ao visitar os túmulos dos seus ente-queridos, os locais deparam-se com um cenário arrepiante. Além da usurpação das sepulturas, há seringas por toda a parte e pessoas sentadas nas covas a injectarem-se e a beber.

Ao site Metro, um residente disse mesmo ter ficado chocado ao ver “um homem sentado num túmulo com as calças em baixo, injectando-se na coxa, à vista de todos”.

A autarquia local já está a tentar acabar com a “invasão”. “Estamos a trabalhar em conjunto com o grupo Cemitério dos Amigos da Estrada Mill para identificar os pontos críticos de comportamento anti-social no cemitério, tais como lixo, violência e uso de drogas. Estamos a elaborar um plano de acção para acabar com estas situações e ajudar os sem-abrigos”, disse o porta-voz da Câmara Municipal local.

Atualmente há voluntários a fazer patrulhas regulares ao cemitério que, além de não permitirem a pernoita no local, limpam o lixo incluindo os dejetos dos animais.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Recomendações

Recomendações

Comente, dê a sua opinião!