Obrigado por visitar o Informa+

Utilizamos cookies para melhorar a experiência do utilizador, fornecer funcionalidades de redes sociais, personalizar conteúdos, anúncios e analisar o tráfego no site. Consente? Pode alterar as suas definições de cookies em qualquer altura.

PUB
Categories: Desporto
| Em
07/02/2020 15:41

Sérgio Conceição considera clássico “muito importante mas não decisivo”

Por Lusa

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, considerou hoje como “muito importante, mas não decisivo” o ‘clássico’ do próximo sábado frente ao Benfica, da 20.ª jornada da I Liga de futebol.

PUB

“Este é um jogo importante, mas os 15 que faltam até ao fim são decisivos. São três pontos que podemos ganhar e o adversário não. É um jogo muito importante, não há dúvida nenhuma”, frisou, em conferência de imprensa de antevisão da partida que se realiza no Estádio do Dragão.

Sérgio Conceição abordou ainda a condição física de Danilo e Pepe, afastados do relvado devido a lesões, deixando no ar a hipótese de o defesa regressar já frente ao Benfica.

“Pepe melhorou um bocadinho, o Danilo continua a fazer trabalho de ginásio, com algum trabalho à parte no campo. O Pepe está num patamar um bocadinho melhor”, explicou.

Recordando a vitória do FC Porto no Estádio da Luz, na primeira volta do campeonato, o treinador portista revelou o que espera do Benfica atual.

“Contamos com a equipa do Benfica dentro daquilo que é a nossa preparação do jogo. No último jogo com o Académico de Viseu fizemos a mesma coisa. No próximo jogo também vamos fazer exatamente a mesma coisa. É analisar dentro da dinâmica do jogo as características dos jogadores que pensamos que vão entrar no onze. Provavelmente o Rafa vai jogar, se pisa mais o corredor esquerdo, com movimentos interiores, ou se é atrás do avançado, o Vinicius, isso não sei”, referiu.

Sérgio Conceição diz que os ‘dragões’ têm “de estar preparados para diferentes situações, assim como para três médios com mais características de médios ou para algo diferente”.

“Estamos preparados para esses diferentes comportamentos, principalmente com jogadores diferentes. Foco principal na nossa equipa”, começou por dizer o treinador, que garantiu ainda que “o jogo da primeira mão [FC Porto ganhou 2-0 na Luz] faz parte do passado”.

O treinador da equipa portista falou ainda das fragilidades do Benfica, mas teceu grande elogios à qualidade da equipa adversária.

“O Benfica pode sofrer em transições defesa-ataque, porque mete muita gente a atacar, faz muitos golos. Vejo um Benfica muito forte, dos mais fortes dos últimos anos. Os resultados falam por si. Só perdeu com o FC Porto neste campeonato. Espero um Benfica extremamente forte”, admitiu.

Após um jogo em Viseu, no qual se destacou pouco, e em que acabou por ser substituído, Marega foi também tema de conversa na conferência. Sérgio Conceição não concorda com as críticas de quem diz que o maliano está com números fracos esta época e diz que o avançado tem sido injustamente criticado.

“Vocês não têm os dados que nós temos. A distância que faz, a forma como se entrega, a forma de espírito de estar em cada jogo… dá-nos garantias. É normal que haja períodos em que se fazem mais e menos golos. Mas recordo uma coisa, o Marega é o melhor marcador em jogos seguidos da Liga dos Campeões. Temos de lhe dar os parabéns pelo trabalho que tem feito nestes dois anos e meio. Olham para este ano e dizem que não joga de forma bonita, mas foi ele que marcou em Alvalade e na Luz. Penso que mais ninguém fez isso no campeonato. As pessoas só olham para o passe falhado, para o movimento que faz”, referiu.

O encontro entre o FC Porto e o Benfica, 2.º e 1.º classificados, respetivamente, realiza-se este sábado, às 20:30 horas, no Estádio do Dragão, com arbitragem do portuense Artur Soares Dias.

PUB
Receba notícias de última hora e informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar gosto ➜  
Partilhar
Mais informação sobre: BenficaFC PortoI LigaSérgio Conceição
PUB
Comente. Dê a sua opinião
PUB