in

Sismo de magnitude 4,8 sentido na ilha açoriana de São Miguel

Um sismo com magnitude 4,8 na escala de Richter foi sentido ao inicio da manhã de hoje em São Miguel, nos Açores, um evento com epicentro a cerca de 19 quilómetros a este/nordeste das Formigas.

Em comunicado, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), que cita o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), informa que o sismo foi registado às 07:07 locais (08:07 em Lisboa).

De acordo com a informação disponível até ao momento, o evento foi sentido com intensidade máxima IV/V na escala de Mercalli Modificada nas freguesias de Água Retorta, Faial da Terra, Senhora dos Remédios, Povoação, Ribeira Quente e Furnas, no concelho da Povoação.

O sismo foi ainda sentido com intensidade IV no Nordeste, Achada, Achadinha e Salga, no concelho de Nordeste, e em Ponta Garça, Ribeira Seca, S. Miguel, S. Pedro e Água d’Alto, no concelho de Vila Franca do Campo.

A Proteção Civil refere ainda que o sismo também sentido com intensidade III/IV na Ribeira Chã, Água de Pau, Santa Cruz, Nossa Senhora do Rosário e Cabouco, no concelho de Lagoa, e Lomba de S. Pedro, Lomba da Maia, Maia, São Brás, Porto Formoso, Ribeirinha, Ribeira Seca, Rabo de Peixe e Pico da Pedra, no concelho da Ribeira Grande.

“Este evento foi ainda sentido com intensidade III/IV no Livramento, S. Roque, Fajã de Baixo, Fajã de Cima, S. Pedro, S. Sebastião e Santa Clara, no concelho de Ponta Delgada”, lê-se no comunicado enviado às redações, acrescentando que o sismo foi sentido com intensidade III nas Feteiras, Candelária, Ginetes, Santa Bárbara e Capelas, no concelho de Ponta Delgada.

De acordo com a Proteção Civil dos Açores, “o CIVISA continua a acompanhar o evoluir da situação, emitindo novos comunicados caso necessário”.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Oito universidades europeias financiadas com 3 ME para meteorologia espacial

Covid-19: Fenprof vê com “muita preocupação” reabertura de jardins de infância