PUB
Categories: Mundo
| Em
25/10/2019 15:02

Sobrevivente de tráfico humano conta drama vivido em camião: “Sem ar, só o cheiro da morte…”

Ahmad Al Rashid passou pelo mesmo drama dos 39 migrantes que viajaram dentro de um camião, à procura de uma vida melhor.

PUB

O homem fugiu da Síria ainda em adolescente. Viajou na altura para o Reino Unido num camião da Nestlé.

O caso destes migrantes, que pagaram mais de 30 mil euros a um gang de contrabando de pessoas, para chegar ao destino, avivou a memória de Ahmad.

Viajou dentro de vários camiões, dois deles refrigerados, da Síria para o Reino Unido. Numa dessas viagens esteve à beira da morte.

Após duas horas sem se mexer, ele e sete companheiros começaram a sufocar.

“Sem ar, só o cheiro da morte”, disse à BBC.

“Eu pude ver a morte a chegar com os meus próprios olhos”.

Em risco de vida, os migrantes desataram aos gritos e pediram que os deixassem sair. O camionista abriu-lhes a porta.

Num outro camião, viajou coberto de farinha.

“Durante sete ou oito horas, não nos mexemos”.

“Após 11 horas, uma criança começou a sufocar. Nós batíamos e batíamos no camião. Eventualmente, o motorista deixou-nos sair”, acrescenta.

Ahmad e outros migrantes acabaram a jornada de caminho para o Reino Unido no camião errado. Seguiram num camião de destino à fronteira italiana. Aí teve de pagar mais alguns milhares de euros para viajar da Alemanha para Hull, Inglaterra, onde recebeu asilo.

Ahmad conseguiu finalmente trazer a mulher e os filhos do inferno que se vivia na Síria.

PUB
Partilhar
Redação

O Informa+ é uma publicação periódica online portuguesa que se dedica à divulgação e partilha na internet de notícias, informações importantes e ainda ferramentas úteis para o seu dia-a-dia.

Mais informação sobre: Ahmad Al RashidCamiãoInglaterra
PUB
Comente. Dê a sua opinião!
PUB