in

Sporting: Pinto da Costa é ouvido como testemunha de Bruno de Carvalho

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, é ouvido hoje como testemunha no julgamento da invasão à academia do Sporting, em Alcochete, que está a decorrer no tribunal de Monsanto, em Lisboa.

Pinto da Costa vai ser ouvido durante a tarde, por videoconferência — a pedido do dirigente do FC Porto -, na qualidade de testemunha arrolada pela defesa de Bruno de Carvalho, presidente do clube lisboeta à data dos factos (15 de maio de 2018).

Além de Pinto da Costa está prevista também a audição de Carlos Vieira, vice-presidente da Direção do Sporting, na presidência de Bruno de Carvalho, e Eduardo Barroso, antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral do clube de Alvalade, entre outros.

Ao longo do julgamento, que começou em 18 de novembro de 2019 e decorre no tribunal de Monsanto por questões de logística e segurança, já foram ouvidas mais de 60 testemunhas.

O processo tem 44 arguidos, acusados da coautoria de 40 crimes de ameaça agravada, de 19 crimes de ofensa à integridade física qualificada e de 38 crimes de sequestro, todos estes (97 crimes) classificados como terrorismo.

Bruno de Carvalho, ‘Mustafá’, líder da Juventude Leonina, e Bruno Jacinto, ex-oficial de ligação aos adeptos do Sporting, estão acusados de autoria moral de todos os crimes.

Deixe uma resposta

Loading…

0

“A metamorfose dos pássaros” ou o cinema para responder a questões existenciais

Primeiro debate quinzenal do ano arranca hoje com perguntas de Rui Rio a António Costa