in

Surfistas portuguesas fora da prova de qualificação de 10 mil pontos na Austrália

Sidnei, Austrália, 08 mar 2020 (Lusa) – As três atletas portuguesas, Yolanda Hopkins, Teresa Bonvalot e Carol Henrique, que competiram no Sidnei Surf Pro, prova de 10 mil pontos do circuito de qualificação da Liga Mundial de Surf, disputada na Austrália, foram eliminadas.

A campeã nacional em título, Yolanda Hopkins, ainda passou a primeira ronda, ao ficar no segundo lugar na primeira bateria com 9,86 pontos, apenas atrás da ex-top mundial Pauline Ado, de França, mas caiu na ronda dois ao ficar no quarto e último lugar (7,13) também da primeira bateria.

Já Teresa Bonvalot e Carol Henrique, bicampeãs portuguesas, foram afastadas logo na primeira ronda, ficando ambas no terceiro lugar das respetivas baterias (dois e três) com pontuações de 8,44 e 10,33.

No quadro masculino, cuja competição ainda não foi para a água, Portugal conta com dois representantes no Sidnei Surf Pro, a primeira prova de 10 mil pontos do ano, Frederico Morais e Vasco Ribeiro.

‘Vasquinho’ vai enfrentar na primeira bateria da primeira ronda os australianos Dean Bowen e Dakoda Walters, bem como o espanhol Vicente Romero, enquanto ‘Kikas’ – que este ano está de regresso ao circuito principal da Liga Mundial de Surf (WSL, na sigla inglesa) – começa a prova já na ronda dois, devido ao seu ‘ranking’, e vai encarar no 17.º ‘heat’ (bateria) o australiano Jordan Lawler e o havaiano Cody Young.

Sugestões para ti