Suspeita de sarampo em 20 profissionais de saúde do Santo António

Detectámos que tem um Ad Block ativo

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o Ad Block (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Vinte profissionais de saúde do Hospital de Santo António, no Porto, apresentam sintomas de sarampo, depois de terem contactado com um doente não vacinado contra a doença.

Ao que o JN conseguiu apurar, os 20 profissionais de saúde, todos jovens adultos, contactaram diretamente com um doente estrangeiro não imunizado e encontram-se agora de quarentena, onde para serem interrogados e observados por médicas infecciologistas. Um dos doentes, uma mulher, necessitou de ser internado.

Em comunicado, o hospital informa que todos apresentam sintomas compatíveis com sarampo e que, por isso, fizeram análises que foram encaminhadas para o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge. Os resultados devem ser conhecidos dentro de 24 horas.

O Hospital de Santo António alerta que poderá tratar-se de uma outra virose, mas que, por precaução, foram tomadas todas as medidas recomendadas para casos de sarampo.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Recomendações

Recomendações

Comente e partilhe a sua opinião!